quinta-feira, 29 de abril de 2010

II Curso de Capacitação para Coreógrafos e Educadores de Dança Folclórica Judaica

É imperdível! A oportunidade que você esperava de se profissionalizar em uma área muito importante da cultura judaica, principalmente gaúcha! Todas as informações que você precisa saber, logo abaixo!

Objetivo do curso: fornecer ferramentas necessárias ao desenvolvimento de um educador interessado nas utilizações das tradições do folclore israeli e sua aplicação nas atividades de arte - educação.

Público alvo: jovens na faixa etária de 17 anos completos em diante, que tenham interesse em adquirir conteúdos informativos, aperfeiçoar-se nas áreas de dança folclórica israeli.

Metodologia: o curso será desenvolvido em módulos, de acordo com os temas pré-estabelecidos. Terá a duração de um semestre, iniciando no mês de maio de 2010 e ocorrerá na Hebraica RS, sede Petrópolis (rua Protásio Alves, 3435), nas 4as feiras, das 19h30 às 22h30, com exceção do 2o encontro que acontecerá no dia 23/05 (dom.) das 15h às 19h.

O valor do curso (completo): R$ 180,00

As inscrições devem ser feitas na Fundação Kadima (Rua Gen. João Telles, 329, 3o andar) ou no Eitan - Departamento de educação da Agência Judaica (Rua Gen. João Telles, 508, 3o andar)

Para maiores informações ou solicitação de envio do cronograma completo do curso, ligue para 3311.8238 ou envie um email para Kadima@terra.com.br

Aproveita!

quarta-feira, 28 de abril de 2010

A nova sensação do rock israelense

Você deve estar se perguntando: como ele sabe qual é a nova sensação do rock israelense? Ele mora em Porto Alegre!

Simples, quem me falou sobre o músico Yoni Bloch foi a Gabriela Korman, estudante de jornalismo que morou durante um ano em israel, através do programa Shnat Hachshará. Em Israel, ela já conhecia a Sababah. Fama internacional!

Sobre Yoni, cantor e compositor israelense de 29 anos, jurado do American Idol de Israel. Lançou o seu primeiro CD em 2004, denominado, em português, "Talvez seja eu". Mas foi apenas em 2007, com o álbum "Coelhos Malvados" que estourou nas paradas de sucesso israelenses. (fonte:Israel Artist Agency)

O artista ainda é pouco conhecido no resto do mundo. Eu conheci hoje e gostei muito. Espero que você goste também. Aproveita!

terça-feira, 27 de abril de 2010

Gilad Shalit - Prisão já ultrapassa os quatro anos

Prometemos há alguns meses que ficaríamos atentos para as notícias a respeito de Gilad Shalit, soldado israelense capturado há quatro anos pelo grupo extremista Hamas.

A história continua sem novidades. O jovem de 23 anos só será libertado se o governo israelense cumprir as exigências palestinas. Entretanto, um grupo segue na luta. Eles convocaram milhares de israelenses a vestir uma blusa branca em favor da libertação do soldado. O objetivo é fazer uma pressão pública para que o governo de Israel retome as negociações ou crie alguma operação de resgate. Além disso, pretendem colocar o caso novamente em evidência nos meios de comunicação.

Os próprios palestinos já demonstram certa insatisfação com o ato do sequestro, afinal, o cerco israelense a Faixa de Gaza foi iniciado por causa da captura de Shalit.

Seguimos torcendo por Gilad Shalit.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Churrasquinho em Lag Baomer

O grupo Ohr Darom, mais conhecido como Kiruv, está organizando um passeio noturno em comemoração a festa de Lag Baomer. Entre as atrações, uma fogueira gigante e um churrasco que, segundo os organizadores, será delicioso!

Como participar?? Basta enviar um email para ohrdarompoa@gmail.com

A festividade será em um sítio a alguns quilômetros de Porto Alegre. Por isso, haverá transporte gratuito que sairá da sinagoga Linat Hatzedek às 19h30min.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Iom Haatzmaut Party!

O grupo Ofakim promete agitar o mês de maio! Vem aí a Iom Haatzmaut Party! Quem já conhece, sabe que as festas organizadas pelo grupo são inesquecíveis. Quem nunca ouviu falar ou ainda nao teve a oportunidade de comparecer, essa é a chance! Em breve, mais informações...Apenas grave a data: 15/05/2010

Iom Haatzmaut para toda a comunidade na Chazit Hanoar!

A entidade, nesse momento, é o que menos importa! Vamos comemorar juntos o dia da independência de Israel em um evento promovido pelo Movimento Juvenil Chazit Hanoar, para TODA a comunidade! Ninguém melhor do que o Maskir Fernando Zatz para explicar o que vai acontecer nesse próximo sábado! Aproveita!

Queridos Chaverim,

É com muito orgulho que a Chazit apresenta um grande projeto para celebrar a alegre data de Iom Hatzmaút!

Nesse sábado, do dia 24/04, das 14hs às 18hs no Colégio Israelita montaremos o Parque Temático de Israel.

Criaremos, com brinquedos e decoração, os ambientes de: Jerusalém, Neguev, Tel Aviv, Haifa e Eilat. Além disso, na entrada se encontrará o Museu da Criação do Estado.

Convidamos a todos jovens de 7 à 15 anos para curtirem esse dia festivo com a gente. Aos não tão jovens, convidamos para entrarem e prestigiarem o nosso movimento!

Para maiores informações:

www.chazit.com

Fernando Zatz (Mazkir) - 98061871

Gustavo Teitelbaum (Rosh Chinuch) - 96790189

segunda-feira, 19 de abril de 2010

O currículo comunitário do Zeka

Aqueles que já tiveram a oportunidade de ler a terceira edição da Sababah, sabem que havíamos prometido colocar o currículo do Zeka, na íntegra, em nosso blog. O conteúdo abaixo comprova as oportunidades que a vida comunitária pode nos proporcionar. Todos podem ter esse currículo. Basta querer!

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Federação Israelita do Rio Grande do Sul

Período: 03/2001 até hoje

Cargo: Gerente de Comunicação

Atribuições: Assessoria de imprensa, edição e diagramação da revista da FIRS, Editor de conteúdo do site, comunicação interna e externa, elaboração de projetos e relatórios, gerencia de projetos, programação visual, produção de eventos, cerimonial

Centro Israelita PortoAlegrense - Projeto Lehatid

Período: 03/95 a 06/2002

Cargos: Professor de Música Hebraica, Coordenador Pedagógico do Projeto Lehatid (Educação Judaica não-formal para crianças de 4 a 10 anos)

Atribuições: Aulas de música, planejamento de atividades, planejamento de conteúdo, acompanhamento dos monitores

Conjunto Musical Lechaim

Cargo: Diretor Artístico

Período: 04/99 a 07/2000

Atribuições: concepção do espetáculo, roteiro, coreografias, iluminação e direção dos espetáculos.

NT produções / FIRS - Programa Kehilá (canal 20 – NET)

Período: 06/97 a 12/97

Cargo: Editor e Diretor do Programa

Atribuições: Direção Geral, edição e coordenação de equipe

Colégio Israelita Brasileiro

Período: 03/91 a 09/93

Cargo: Professor

Atribuições: professor de música hebraica, mesclando a língua hebraica e musicalidade, com alunos do ensino fundamental (1ª a 4ª série)

ATIVIDADES DE VOLUNTARIADO

Projeto Lashuv LaDerech (HabonimDror)

Organização: Eitan – Central Educativa da Agência Judaica

Data / Período: 05/2007 a 11/2007

Participação: Organizador e Monitor do projeto

Atividade: planejamento de marketing, análise de situação, motivação e conteúdo judaico para a revitalização da liderança do movimento juvenil Habonim Dror

Antissemitismo Moderno

Organizador: Colégio Israelita Brasileiro

Data / Período: de 2006 até hoje

Participação: palestrante convidado

Temática: Antissemitismo Moderno, História Judaica e Hasbará para alunos da escola associado ao programa definido pela instituição

Projeto Comunidade Século 21

Organização: Federação Israelita do RS

Período: 03/2005 a 12/2007

Atividade: Participação nos grupos de trabalho para elaboração de projetos comunitários prospectando o futuro da comunidade judaica gaúcha para os próximos 20 anos.

Atribuições: participação nos grupos de Comunicação e Juventude, assessoria de comunicação para os demais grupos

Fundação Israelita Brasileira de Arte e Cultura Kadima

Período: 03/95 a 12/2007

Atividade: Dançarino, Produtor de Eventos, Diretor de Arte, Diretor de Mídia e Vice-Presidente

Festival Hazemer de Música Hebraica

Organização: Centro israelita Portoalegrense

Período: 05/1999

Atividade: Festival Zemer de música Israeli

Atribuições: Diretor Artístico, organizador

Um dos fundadores do Conselho Juvenil, em meados dos anos 90

Um dos criadores do grupo Ofakim, no início do século XXI

PALESTRAS E SEMINÁRIOS MINISTRADOS

Curso Beit Sefer LeMadrichim

Organização: Eitan – Central Educativa da Agência Judaica

Data / Período: 2002 até hoje

Participação: Palestrante do programa curricular anual

Temática: Antissemitismo Moderno, Hasbará e Conflito no Oriente Médio

Curso Hasbará: em defesa da dignidade judaica

Organização: Federação Israelita do Rio Grande do Sul

Data / Período: 05/2009 a 06/2009

Participação: Organizador e palestrante

Temática: Hasbará e História do Oriente Médio

Mesa Redonda: Os Dilemas do Judaísmo no Século 21

Organização: Eitan – Central Educativa da Agência Judaica

Data / Período: 06/2009

Participação: Mediador

Israel: da Declaração de Independência aos dias de hoje 2008 WIZO EITAN

Organização: WIZO RS e Eitan – Central Educativa da Agência Judaica

Data / Período: 08/2008

Participação: palestrante

Temática: História geo-política de Israel nas décadas de 60 e 70

Seminário de Liderança para Comunidades do Interior

Organização: Federação Israelita do Rio Grande do Sul e Eitan

Data / Período: 08/2007 e 08/2008

Participação: Palestrante

Temática: Hasbará e Marketing Comunitário

Apresentação sobre o conflito entre Israel e Hezbollah

Organização: Federação Israelita do Rio Grande do Sul e Embaixada de Israel no Brasil

Data / Período: 08/2006

Participação: Elaborador de apresentação de Powre Point explicando o conflito entre Israel e o Hezbollah. Material foi utlizado pela Embaixada de Israel e traduzido para o Inglês, Espanhol e Francês. Circulação na Internet.

Temática: Hasbará (esclarecimento)

Seminário Sulamericano de Hagshamá – Montenegro / RS

Organizador: Departamento de Hagshamá – Organização Sionista Mundial

Data / Periodo: 06/2004

Participação: Palestrante

Temática: Estratégias e técnicas de Hasbará

O Conflito no Oriente Médio

Organização: Escola Estadual de 1 e 2 Grau Argentina - Porto Alegre

Data / Período: 2003

Participação: Palestrante

Temática: História do Conflito no Oriente Médio para alunos da 8ª série

1º Seminário da Juventude Judaica do RS

Organização: Grupo Jovem Ofakim

Data / Período: 2001

Participação: Palestrante e organizador

Temática: Profissionalização Comunitária, Perspectivas para o Futuro da Comunidade e a Relação entre a diáspora e Israel (hasbará)

CURSOS E SEMINÁRIOS

• Leadership Course to Communitarian Youth – Machon Lemadrichim Chutz laáretz – Mass media - Kiriat Moriah Institut – Jerusalém – Israel -1990 – 05 meses.

• LTS Course (Leadership Training Studies) – World Jewish Agency – Kiriat Moriah Institute – Jerusalém – Israel – 1993 – 3 semanas.

• Delegado do Brasil no congresso da Federação Universitária Sionista Latino Americana – FUSLA - 1995 – Monteviéo – Uruguai – 3 dias

• Delegado do Brasil no congresso da World Union of Jewish Students – WUJS - Arad – Israel - 1996 – 5 dias

• Seminário Latinoamericano de Liderazgo Joven Comunitario Sionista - World Jewish Agency – Santiago - Chile – 2000 – 3 dias

• Organizador do 1º Seminarário da Juventude Judaica do RS – Ofakim – Porto Alegre – 2001 – 3 dias

• Peilei Hasbará Seminar (Explanation and information about Israel and the Middle East) - Hagshamá department (OSM) and Israelian Foreign Affair Ministry – Israel - 2002 – 3 weeks.

• Encontro de dirigentes da comunidade judaica latino Americana e do Caribe – Congresso Judaico latinoamericano (CJL) - Rio de janeiro – 2003 – 3 dias

62º aniversário da Independência de Israel - Mensagem do Primeiro Ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, para as comunidades da diáspora

Para todos vocês...

O dia da Independência de Israel celebra um duplo milagre na vida do povo judeu.

O primeiro milagre é a restauração da soberania judaica. Não conheço outro exemplo na história das nações em que um povo disperso, praticamente deixado à morte, foi capaz de reafirmar a sua vida nacional.

O segundo milagre é o que temos feito desde a criação do Estado judeu. Israel está se tornando rapidamente uma potência econômica regional e uma das principais potências do mundo tecnológico.

Todo o poder da criatividade e da genialidade do povo judeu está brotando nas mais diversas áreas: na ciência, na tecnologia, na medicina, nas artes. Esta incrível manifestação de criatividade promete um grande futuro para o povo judeu e para toda a humanidade.

Este duplo milagre é um testemunho da força de vida do povo judeu. É um testamento aos sentimentos profundos de esperança que levamos dentro de nós e para a conexão profunda que temos tanto com o nosso passado como com o nosso futuro. Os dois milagres que já ocorreram estão apenas no início. Se todos nós ficarmos juntos, se continuamos comprometidos com o nosso destino comum, não há nada que não possamos alcançar.

Chag Sameach!

Benjamin Netanyahu

Jerusalém, Israel

A terceira edição da Sababah promete fazer história!

Todos os componentes de entretenimento e informação necessárias para um jovem que tem o interesse em saber o que se passa na comunidade judaica gaúcha. A primeira edição da revista Sababah em 2010 já está pronta, circulando pelos principais eventos e por todas as entidades!

- A entrevista de capa é uma lição de vida. Muitos conhecem o personagem pelo seu apelido, Zeka. Poucos sabem tudo que ele já fez dentro da comunidade. Vestiu a camiseta de todas as entidades que passou. Inovou. Vale a pena acompanhar cada detalhe do que foi falado, com exclusividade, para a Sababah!

- Há 29 anos em Porto Alegre, o Rabino Mendel Liberow merecia o nosso prestígio! Em um Bate-Bola descontraído, Mendel revelou os seus desejos comunitários e frases inspiradoras aos leitores da Sababah!

- Encontre-se: O próprio nome já revela a intenção. Todas as possibilidades existentes na comunidade estão citadas, com telefone e email para contato de TODAS as entidades judaicas. As informações completas a respeito de cada uma podem ser encontradas em nosso blog.

- Consulta Virtual: As respostas dos jovens médicos judeus para perguntas sobre judaísmo e medicina. Imperdível!

- Notícias do Olê: Lucas Lejderman, o Pato mais conhecido da comunidade conta como anda a vida em Israel. Aspirações, perspectivas, saudades da comunidade. Tudo na íntegra para você.

- Continuidade: Emocionante. Os desejos de Isabelle Isdra como mãe da Manu.

- No Giro: Débora Tessler e as exportações da comunidade judaica do Rio Grande do Sul! Os judeus gaúchos que viraram sucesso na Itália e na Espanha!

- Além, é claro, de muitas fotos para você se encontrar!

Preciso falar mais alguma coisa que convença você a adquirir a sua Sababah o mais rápido possível? Caso não tenha acesso às entidades, envie um email para sababahpoa@hotmail.com e ajudaremos você!

Sababah - Aproveita!

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Iom Haatzmaut Beiachad

A união faz a força. O ditado popular também é valido quando se trata da nossa comunidade. A integração entre as entidades, através de eventos como esse que venho anunciar, permite que a comunidade judaica do Rio Grande do Sul cresça, se desenvolva, se fortaleça.

Fico arrepiado apenas ao imaginar uma festividade como essa...nada melhor do que a comemoração: Iom Haatzmaut, o dia da Independência de Israel.

Dia 19 de abril, às 19 horas, na Sinagoga União Israelita. Desmarque os seus compromissos. O motivo é nobre!

terça-feira, 13 de abril de 2010

Quem é esse Schleper? Terceira edição!

Sababah sem um colunista Schleper não é Sababah. Alguma ideia de quem é a figura da vez? Leia o texto novamente!

Como assim, novamente? É isso mesmo! A terceira edição da Sababah já está circulando pela Comunidade. Pegue a sua na entidade mais próxima ou no prédio da Federação Israelita. Qualquer dúvida, envie um email para sababahpoa@hotmail.com

Aproveita!

É difícil dizer! Não que eu seja um schleper profissional, mas tive os meus momentos. Na verdade, depende muito do que entendemos por shleper. Quando nossos avós chamam alguém assim, querem se referir a alguém menos apegado a questões de limpeza. Aqui, o contexto é ao menos um pouco diferente.

Pensando em minhas experiências schlepers, fica difícil não lembrar da época em que, morando na Nova Zelândia, exerci a nobre, porém pouco valorizada, profissão de obreiro. Durante esse período (pequeno, felizmente!), trabalhei em uma futura estação de metrô, localizada na avenida mais movimentada de Auckland, repleta de executivos. Ao final do dia, enquanto os outros trocavam de roupa e pegavam seus carros, eu tomava o caminho de casa – o albergue mais barato, fedorento e mal frequentado da cidade – a pé, com as roupas do trabalho, passando, não sem certo constrangimento, por pessoas limpas e bem arrumadas. Se minha vó visse (ou pior, cheirasse) minhas roupas, certamente diria que eu era um grande shleper.

Mas houve momentos mais schlepers ainda. Por exemplo, quando dividíamos nosso apartamento em Sydney com pombos e baratas, estas tão bem treinadas que somente apareciam na cozinha a partir da meia-noite. Isso sem contar que no apartamento de dois quartos moravam dez pessoas. Outra vivência schleper foi viajar pela Tailândia sem, praticamente, calçar tênis ou chinelos, pisando no que fosse, desde praias maravilhosas a banheiros imundos. Devo dizer que a experiência, apesar de pouco higiênica e arriscada, foi bastante lucrativa, pois olhando constantemente para o chão era comum encontrar algum dinheiro.

Atualmente, a vida de advogado exige mais formalidade na hora de me vestir, de modo que passeios descalços pelo Centro de Porto Alegre estão fora de questão. É verdade, também, que passei a valorizar muito mais uma cama limpa, além de que espero não precisar voltar a ser obreiro. No entanto, a lembrança de momentos tão precários não deixa de evocar uma época de muita alegria. Quem me visse na rua podia até achar que eu era um schleper, e, de fato, eu era um. Um schleper... feliz.

Já sabe quem é? Desiste?

É o Ricardo Heller! Com 26 anos, ele participa do grupo Ofakim. O que você achou da coluna? Poste seus comentários!

Ricardo Heller aceitou na hora a participação no quadro "Quem é esse Schleper?"

Encontre-se

A maioria das pessoas não tem ideia do grande número de possibilidades de envolvimento existentes dentro da nossa comunidade. Com certeza, você vai se identificar com um desses caminhos. Descubra!

A continuação do parágrafo acima, retirado da terceira edição da Sababah, apresenta uma promessa, cumprida nesse post! Abaixo, você conhecerá melhor cada uma das entidades que compõe a Comunidade Judaica gaúcha. Aproveita!

Conselho Juvenil

Responsável: Gabriel Baron Bastos

Objetivo: Organização que reúne os três movimentos juvenis com o objetivo de fomentar seu ativismo judaico-sionista.

Contato: gabriel_baron_bastos@hotmail.com - 84802015

Habonim Dror

Responsável: Gabriel Baron Bastos

Objetivo: Educar e formar jovens críticos.

Próximas atividades: Todos os sábados, das 14h às 18h.

Contato: gabrielbaronbastos@gmail.com - 84802015

Chazit Hanoar

Responsável: Fernando Zatz - Mazkir

Objetivo: A Chazit atua principalmente na formação de líderes juvenis, trabalhando temas como sionismo, identidade judaica e ecologia. Visando proporcionar ao jovem um panorama social e um plano de ação. Isso resulta na criação de uma vanguarda juvenil, que serve de exemplo tanto à coletividade quanto à comunidade em geral.

Próximas Atividades: O grande evento do semestre será a festa de Iom Hatzmaút, que ocorrerá dia 24 de Abril, no Colégio, e contará com um sábado especial para todos chanichim, e um tekez ao fim do dia aberto a toda comunidade!

Contato: fernandozatz@hotmail.com - 98061871

Movimento Juvenil Judaico Sionista BETAR

Responsável: Gabriel Lechtmann Fuhr

Objetivo: Educar a juventude judaica sob os princípios do judaísmo, sionismo e a ideologia de Vladimir Ze'ev Jabotinsky.

Próximas atividades: Todos os sábados, das 14h às 18h.

Contato: gablf@yahoo.com.br - 9273-1935

Associação Israelita Hebraica

Responsável: Joel Fridman

Objetivo: Proporcionar um ponto de encontro de diversão, cultura, social e esportes, dentro da Comunidade Judaica.

Próximas atividades: 5º abril com tudo na Hebraica - Dia 11 de abril. Co-realização: Eitan, Chazit Hanoar, Habonim Dror e Betar.

Contato: presidência@hebraicars.com.br – 33113755

Club Campestre Macabi

Responsável: Rodrigo Chanin

Objetivo: Promover a integração da comunidade em um espaço social e esportivo dentro do conceito de clube judaico.

Próximas atividades: Torneio Chapa Quente (futebol 7), Torneio de Padel, Torneio de tênis, Festival de dança Iom HaRikud.

Contato: clubcamestre@clubcampestre.com.br – 30123384

Associação Ofakim Tamar Porto Alegre

Responsável: Rafael Tabasnik

Objetivo: Integração da Comunidade Judaica jovem do RS, promovendo a continuidade dessa Comunidade e se valendo de diretrizes como judaísmo, sionismo, inclusão social, pertinência comunitária, tolerância e vanguardismo.

Próximas atividades: palestras, shabatot, festas e viagens.

Contato: ofakim.poa@gmail.com - 99991995

Ohr Darom (Kiruv)

Responsável: Rabino Daniel Presman

Objetivo: Trazer a Comunidade Judaica gaúcha um judaísmo jovem, alegre e vibrante, comprometido profundamente com os valores e tradições da Tora.

Próximas atividades: Mensalmente, Kabalat Shabat com Sushi.

Contato: ohrdarompoa@gmail.com – 99995631

Agência Judaica para Israel – RS

Responsável: Simone Teruskin Wainer e Roberta Knijnik (Departamento de Aliá), Simone T. Wainer e Paula Engelman Astarita (Eitan – Departamento de educação)

Objetivo: A garantia do futuro do povo judeu, com o fortalecimento na diáspora da educação judaica e sionista. Em relação aos programas de Aliá, o objetivo da Agência Judaica não é apenas levar os judeus a Israel, mas também ajudá-los em todas as etapas da sua absorção, para que se integrem da melhor forma possível.

Próximas atividades: Projeto LeDor VaDor - Atividades semanais desenvolvidas para residentes do Lar Maurício Sirotsky Sobrinho, realizadas por jovens voluntários da Comunidade. Curso Ivritando e Ulpan Ivrit (ensino de hebraico) - As inscrições estão abertas! Para obter mais informações, entre em contato com a Agência Judaica através do telefone abaixo.

Contato: ajpoa@agenciajudaica.com.br – 33126580

Na’amat Pioneiras

Responsável: Vera Schwarcz

Objetivo: elevar o status da mulher, estimular a mulher a assumir cargos de liderança, contribuir para minimizar as carências da sociedade em geral, desenvolver a capacidade da mulher para entrar no mercado de trabalho, transmitir as tradições e éticas judaicas, promover o intercâmbio social entre Na’amat Israel e Na’amat Brasil.

Contato: tanise.cardon@hotmail.com – 33110832

WIZO

Responsável: Patrícia Menda

Objetivo: É uma organização mundial de mulheres judias que fazem trabalho voluntário benemerente. A WIZO toma parte ativa nos empreendimentos da vida comunitária, procura incentivar o intercâmbio artístico, cultural e social. É filiada à Federação Israelita do Rio Grande do Sul (FIRS).

Próximas atividades: Cozinhando com o prachim – ocorrerá em maio. Consiste em uma aula básica de culinária judaica, direcionada às jovens.

Contato: pmenda@yahoo.com - 99999510

Sinagoga Centro Israelita Porto Alegrense

Responsável: Rabino Pablo Iugt

Próximas atividades: Shabat às sextas feiras.

Contato: cipa.ez@terra.com.br - 32796542

Sinagoga Sociedade Israelita Brasileira de Cultura e Beneficência – SIBRA

Responsáveis: Ana Schuchmann, Ilton Gitz e Guershon Kwasniewski

Objetivo: Fortalecer e estimular a identidade judaica em nossos jovens.

Próximas atividades: Shabat às sextas feiras.

Contato: sibrars@terra.com.br – 33118133

Sinagoga Beit Lubavitch

Responsável: Rabino Mendel Liberow

Próximas atividades: Shabat às sextas feiras.

Contato: liberowpoa@hotmail.com

Sinagoga Linat Hatzedek

Responsável: Rabino Daniel Presman

Próximas ativiades: Shabat às sextas feiras.

Contato: presmad@uol.com.br

Sinagoga União Israelita Porto alegrense

Responsável: Ariela Najmanovich e Wilson Sandler (auxiliar)

Objetivo: Fortalecer a identidade judaica para a interação comunitária. Aproximar os jovens das raízes judaicas por meio da troca de vivências e experiências.

Próximas atividades: Kabalat Shabat com sushi kasher, churrasco de confraternização, atividade sobre valores judaicos.

Contato: arinaj@terra.com.br – 33115886

Leakat Ketzev

Responsável: Amanda Chmelnitsky e Clara Litvin

Objetivo: A Leakat Ketzev, que surgiu em 2009 com a coreografia Bossa, está crescendo em 2010. Nesse ano, somam-se ao corpo de dança novos integrantes. A Ketzev tem por missão o resgate e a difusão de valores da cultura e da tradição judaica através da dança.

Próximas atividades: O grupo é formado por jovens a partir de 23 anos. As inscrições estão abertas!

Contato: leakatketzev@gmail.com – 99980852 (Amanda) – 99549442 (Clara)

Leakat Neshamá

Responsável: Guilherme Rucatti

Objetivo: Reunir jovens da comunidade judaica de Porto Alegre, de diferentes idades, proporcionando um espaço de integração, lazer, cultura e apredizado, através da aproximação com a musica e a dança folclórica israelita e seus diferentes elementos.

Próximas atividades: Os encontros acontecem em todos os domingos, das 18:30 as 20:30 na Sinagoga União Israelita Porto Alegrense.

Contato: grucatti@hotmail.com

Fundação Israelita Brasileira de Arte e Cultura Kadima

Responsável (jovem): Débora T. Prestes

Objetivo: Apoiar a cultura e os folclores judaicos, valorizando e contribuindo para a criação de grupos que atuem nas mais diversas formas de expressão cultural judaica: dança, música, teatro, etc.

Próximas atividades: Show de encerramento das comemorações de 30 anos do Grupo Kadima – julho/2010.

Contato: kadima@terra.com.br – 33118238

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Viver recordando

O passado é mais recente do que imaginamos. A nova geração acredita que o Holocausto ocorreu há mais de um século, metaforicamente falando. Não. Muitos que vivenciaram o cotidiano dos campos de concentração ainda estão vivos para contarem suas histórias. E quando não estiverem mais?

Eu tenho medo. O ódio no mundo, contra os judeus ou não, vem aumentando a cada dia que passa. Com uma única diferença em relação aos anos 40: as armas nucleares. Estas impediram que a Guerra Fria esquentasse. Hoje, com líderes extremistas em países com alto poder de destruição nuclear (acredito que não seja necessária a citação de nomes), fica cada vez mais difícil prever o futuro do Planeta Terra.

Por mais incerto que o futuro seja, ainda há esperança. Tecnologia? Criação de novas armas? História. O conhecimento do passado impede que tragédias históricas se repitam no presente e que possam ocorrer no futuro. A educação da população, dos jovens aos idosos, torna muito mais difícil, quase impossível, a tarefa de governantes que tentam seguir o caminho de Adolf Hitler.

O conhecimento fortalece a população. Por isso, todos os anos, ao menos por um dia, temos a obrigação de pararmos alguns minutos com o que estamos fazendo para lembrarmos aqueles que perderam a vida graças a intolerância, ao preconceito, ao racismo. Não apenas por serem judeus, mas por serem seres humanos. Vamos desligar a tela do computador e refletir. Se nós não fizermos isto, daqui a alguns anos, quem fará?

Gustavo Fridman Schwetz

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Quem gosta de música em hebraico?

Hoje é a vez do cantor e compositor Rami Kleinstein.

Eleito pelas televisões e rádios em 1995 como melhor cantor israelense, Rami é conhecido pelas suas músicas românticas, com o som do piano ao fundo. Por esse motivo, é comparado com grandes astros da música internacional, como Elton John e Billy Joel.

A música do cantor fez tanto sucesso entre os israelenses que, em 1998, através de votação do público, a canção Karov el Libech ficou entre as 20 melhores de todos os tempos. O Top 20, organizado pelo programa The Israel Hour, comemorou os 50 anos da criação do Estado de Israel.

O último álbum foi lançado em 2005, mas o cantor segue com músicas nas rádios mais populares de Israel.

Ficou curioso para conhecer a música Karov el Libech? A Sababah disponibiliza para você logo abaixo. Aproveita!

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Texto sobre a educação judaica

O autor do texto abaixo preferiu ser identificado apenas como um judeu, pai de três filhos, ativista de Movimento Juvenil nos anos 90, com pós-graduação em Israel.

Você gostaria que o seu texto também fosse publicado no blog da Sababah? Envie um email para sababahpoa@hotmail.com com o seu material!

Aproveita!

Apenas 4 anos após a queda do muro de Berlim (1993) estava em um encontro dos movimentos juvenis e um palestrante falou: "no futuro o mundo pos-moderno será ambivalente, altamente globalizado porem ao mesmo tempo sectário ao extremo". A cada ano que passa, dentro da revolução das comunicações que vivemos hoje vejo o quanto foi profética a palestra deste professor. Ao mesmo tempo em que nos diluímos na sopa global e podemos "twittar" com o mundo inteiro, ter acesso imediato a informações sobre tudo e prover informacoes em tempo real, o sectarismo nos puxa como um ima. Cada grupo quer fortalecer e diferenciar mais e mais sua identidade. Hoje o "ser eu mesmo" acaba significando muito mais "não ser ele".

Em Israel, por exemplo, este fenômeno é muito claro. Se na época de Ben Gurion se tentou criar um amalgama social e cultural único, hoje cada etnia judaica tenta se diferenciar e preservar ao máximo sua cultura, tradições e identidade. Isso vale tanto para origem quanto para linha religiosa adotada. Generalizando (obvio que existem muitas exceções), os laicos ao invés de estudarem profundamente a tradição e historia como faziam seus antecessores, se apegam muito mais em atitudes anti-religiosas. Já os religiosos, se preocupam muito mais em negar totalmente a cultura laica do que tentar absorver aspectos positivos e construtivos da mesma.

Como criar e educar os filhos neste mundo pos-moderno? Como prover a eles um judaísmo vivo, porem inserido neste mundo competitivo com demandas materiais globalizadas e difíceis? Como evitar que o judaísmo não seja um canal de expressão de sectarismo?

O mundo pode mudar, mas a mente humana desde os tempos mais longíquos se mantém com os mesmos axiomas emocionais. Tanto que Freud se utilizou de mitologia grega para entender os mecanismos psicopatológicos no início do século XX. A criança sempre teve e terá muita dificuldade com a dupla mensagem. A ambivalência gera duvida. A educação judaica pode acabar caindo no abismo da dupla mensagem. Pois ao mesmo tempo em que provemos aos nossos filhos a educação mais "up-to-date”, incutindo os valores de empreendedorismo, iniciativa e criatividade, tentamos mostrar a importância do judaísmo. Hoje em dia, em todas as áreas do conhecimento só o novo é valorizado. Na medicina, por exemplo, um livro com conceitos de 5 anos atrás, provavelmente virara peso de papeis. Outra questão é o poder de síntese da informação, hoje em dia um pedaço de informação com mais de 140 caracteres é considerado "longo" demais.

Eu vejo a educação judaica neste novo milênio como um tripé. Neste tripé estão: tradição, história e idioma.

A tradição seria os conhecimentos e valores milenares que os textos religiosos e literários descrevem. Muitas pontes entre estes textos e os dias de hoje são encontradas. E encontrando estas pontes se pode aprender e adotar os demais pontos com maior facilidade. Um exemplo fascinante é como a Tora é "green"- o mundo desligou as luzes por uma hora no ano passado e parecia que Messias iria chegar, a Tora pede que no fim de um ciclo de 6 dias, o sétimo seja uma reciclagem: sem carros poluindo, sem eletricidade e energia gastando e sem trabalho para que os neurotransmissores do cérebro humano se reciclem. Esse é apenas um exemplo, mas com certeza a Tora não é um documento morto, ela em viva, dinâmica e pode participar das nossas relações pessoais e sociais. Muito mais que uma idolatria aos rituais e uma jurisprudência ao sectarismo, eu vejo o estudo da Tora como uma pratica saudável, intelectualmente desafiadora e extremamente educativa.

O segundo pilar é a historia. Antes de nos tornarmos uma religião, já éramos um povo. Ensinar a historia para os filhos é fundamental, seu conhecimento profundo gera paralelamente um ganho secundário: entender a historia universal. Participamos de todas as etapas da historia ocidental, por tanto uma visão critica e objetiva da historia judaica é uma ferramenta cognitiva impar para os nossos filhos. O entendimento dos processos históricos contemporâneos certamente provera uma identificação com a criação de um estado judeu em uma porção da terra de Israel, o sionismo. Assim como o desentendimento gera uma assimilação de conceitos superficiais e errôneos, como o de que sionismo é se assentar em toda a terra de Israel.

Finalmente o idioma. O renascimento do "evrit" tem que ser celebrado e seu ensino nas escolas judaicas é crucial. A pergunta clássica é: Qual a utilidade de ensinar o hebraico, no mundo de hoje seria melhor ensinar mandarin? Eu Vejo a fluência em hebraico como fundamental na sustentação dos dois pilares anteriores. A experiência plena e autônoma no estudo das tradições e historia é obtida apenas com o evrit.

Ninguém tem a solução para educação da "dor emshech" (próxima geração). No passado alguns livros antigos, uns polígrafos xerocados da enciclopédia judaica e o quadro negro eram o que parecia suficiente para nos ensinar. Hoje o acesso ao conhecimento é quase infinito e muito fragmentado, eu chamaria de "era do nano-conhecimento". Eu não quero que meus filhos abandonem o judaísmo para poderem se inserir no mundo globalizado e também não quero que eles usem o judaísmo como válvula de escape para se afastar dele. O bom judeu deve ser capaz de construir um mundo melhor e sustentável. O judaísmo nas suas tradições, história e idioma deve ter papel de catalisador na melhora do entendimento e das relações da nova geração com o mundo.

Um novo grupo de dança na Comunidade Judaica

A Leakat Ketzev, formada em 2009, teve a sua estreia no Festival Darom, ocorrido no mesmo ano. Formada por nove mulheres, apresentou a coreografia Bossa.

Em 2010, o grupo está crescendo. Homens e mulheres da comunidade ingressaram na Leakat que, no momento, já está com 20 dançarinos. A Ketzev tem por missão o resgate e a difusão de valores da cultura e da tradição judaica através da dança.

As coreógrafas Amanda Chmelnitsky e Clara Litvin convidam você, jovem a partir de 23 anos, a participar da Leakat Ketzev. Para saber detalhes a respeito das atividades e horários de ensaio, envie um email para leakatketzev@gmail.com

Loading...