segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Conheça o Schleper da edição de Iom Kipur!

O garoto schleper está com um círculo amarelo em volta da sua cabeça. Para quem não conhece, Eduardo Iochpe, popularmente conhecido como Dudaiô, fez shnat em 2010 pelo movimento juvenil Chazit Hanoar. Com 20 anos, Dudaiô, hoje em dia, é madrich do movimento.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Passeata pela libertação de Gilad Shalit

O soldado israelense Gilad Shalit está sequestrado há 5 anos pelo grupo terrorista Hamas. O movimento juvenil Habonim Dror está propondo uma manifestação no próximo domingo, dia 3. O grupo convida toda a comunidade para ir às ruas em uma mobilização pela causa. Vista sua camiseta branca e mostre a todos que Gilad deve ser libertado. O ponto de encontro será no Arco da Redenção, às 15 horas. Haverá faixas e entrega de panfletos. Participe!



quarta-feira, 22 de junho de 2011

Israel aprova construções em Gaza

O governo de Israel autorizou a construção de 1.200 casas no sul de Gaza, além de 18 escolas. A iniciativa deve dar origem a um dos maiores projetos habitacionais dos últimos anos, desde que o grupo terrorista Hamas tomou conta da região. Israel havia proibido a entrada de materiais de construção no local para evitar usos militares. Há grande necessidade de obras em gaza devido à última ofensiva de Israel ao Hamas em 2008, na qual milhares de casas foram danificadas.


segunda-feira, 20 de junho de 2011

Futebol palestino está de volta, mas às vezes esbarra em restrições de Israel

Durante muito tempo o futebol palestino não teve organização nem dinheiro. Entretanto, o esporte anda crescendo na Cisjordânia, tanto que no próximo mês a equipe participará da sua primeira partida eliminatória da Copa do Mundo. Segundo informaçãoes do Portal IG, o presidente da Federação Palestina, Jibril Rajoub, disse que o esporte é um modo de atingir os objetivos nacionais. No entanto, atletas palestinos precisam de permissão israelense para a maioria das viagens, tanto para cruzar de Israel para a Faixa de Gaza quanto para entrar ou sair da Cisjordânia, o que acaba impedindo os atletas de participarem de jogos decisivos. Diz o diretor técnico da Federação que  os palestinos não podem ficar conhecidos apenas como militantes que atiram pedras, queimam pneus e atiram nos israelenses. O caminho para estar na Copa do Mundo no Brasil ainda é longo, mas eles acreditam na possibilidade.

                          Jogadores da seleção da Palestina

                              A torcida apoiando o time

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Professores israelenses desafiam governo e ensinam alunos sobre "tragédia palestina'"

Mais de cem professores israelenses desafiaram o Ministério da Educação de Israel para ensinar seus alunos sobre todas perdas palestinas ocorridas em 1948, com a independência do país. Para o professor de história Iddo Felsenthal, não se deve omitir o fato de que 700 mil palestinos perderam suas casas e se tornaram refugiados após a data. "Criou-se um clima geral de demagogia em Israel, no qual qualquer pessoa que mencione a Nakba (tragédia ou catástrofe, em árabe) dos palestinos é vista como se fosse contra o Estado de Israel. Muitos professores têm medo", disse o professor em entrevista a BBC. Vários educadores que falam sobre o tema Nakba tentam se manter no anonimato, pois temem perder seus empregos ou terem suas carreiras prejudicadas. 
O problema dos refugiados, que já somam 4,5 milhões de pessoas dispersas em vários países do Oriente Médio, é considerado a questão mais complicada do conflito, e as versões contraditórias sobre o que ocorreu em 1948 geram discussões dos dois lados.


Tour de local de antiga aldeia palestina organizado por ONG israelense (foto: cortesia Zochrot)
ONG israelense realiza visitas a locais de antigas aldeias palestinas para divulgar essa história palestina

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Presidente do Banco de Israel candidato ao FMI


Stanley Fischer, presidente do Banco de Israel, se candidatou de última hora ao cargo de diretor-geral do Fundo Comunitário Internacional (FMI). Com 67 anos,  Fischer é respeitado por ter ajudado a economia israelense a atravessar a crise financeira internacional. Ele concorre com Christine Lagarde, ministra francesa de Finanças, e com Agústin Carstens, presidente do Banco do México. O novo diretor do Fundo deve ser divulgado no dia 30 de junho.

<p>Stanley Fischer, governador do Banco de Israel</p>

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Atleta de Israel proibida de usar veste religiosa

A jogadora de basquete Naama Shafir, judia ortodoxa, foi proibida de usar um traje considerado religioso por baixo da camisa de seu time de basquete. Ela respeita a orientação que diz que mulheres não podem mostrar os ombros em público, mas os organizadores do evento disseram que ela não poderá jogar assim, o que levou a competidora a desistir de jogar. A Federação Israelense apelou da decisão, mas seguiu sem ser atendida.

Naama Shafir jogadora de Israel (Foto: agência AP)
Loading...