segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Mais um Festival Carmel... Não, não, dessa vez a Sababah estava lá!

E acompanhou de perto um dos maiores festivais de dança do Brasil.

Para quem não sabe, o Carmel acontece anualmente na Hebraica de São Paulo. Lá, grupos de várias partes do Brasil e do Mundo se juntam por dois fatores em comum: a dança e o judaísmo.

A atmosfera criada por estes fatores é impressionante. Todos parecem pertencer ao mesmo grupo.

16h: o começo da preparação para um dos grandes shows, que ocorrerá na noite de sábado. Maquiagem, fantasia e ensaios de última hora. A coreografia parece ter sido completamente esquecida por alguns, que insistem em tirar as suas dúvidas com seus colegas de grupo.

18h30: os grupos começam a se deslocar para o palco principal.

19h30: abertura para o público.

20h30: começa o show Massoret (tradição).

Provavelmente, a grande maioria dos leitores está ansiosa para saber como foi a performance dos grupos de Porto Alegre. Que me perdoem os outros estados e países, mas o Kadima e o Chai (representantes de POA no espetáculo) deram show.

O Chai representou a História de Anne Frank. Dança misturada com teatro. Força misturada com emoção. Deu certo. A coreografia marcou o primeiro grande show do 29º Festival Carmel.

Os microfones colocados na margem do palco nunca mais serão os mesmos. O Kadima, com uma força sobrenatural, apresentou a coreografia Gruzini. As pisadas das botas dos homens ecoavam em todo o clube. Vale lembrar que esta coreografia foi criada há muitos anos atrás. O grupo atual remontou a mesma. Com perfeição.

Um belo espetáculo! Todos os grupos estão de parabéns!

Nenhum comentário:

Loading...