segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Manifestantes protestam contra Ahmadinejad em Porto Alegre

Cerca de 100 pessoas protestaram no centro de Porto Alegre contra a presença de Mahmoud Ahmadinejad no Brasil.

A manifestação começou por volta das 11h30, na esquina entre a rua das Andradas e a rua Borges de Medeiros. Bandeiras do estado de Israel e faixas com frases de ordem, como: "Num país de paz, não aceitamos ditadores" eram carregadas pelos manifestantes.

Foto: Danilo Dias da Cunha

Há algumas horas atrás, o presidente do Irã, em discurso no Palácio do Itamaraty, afirmou que pretende construir um mundo sem guerras e sem hostilidade, "(...)um mundo distanciado das discriminações". Um pouco contraditório para um governante que nega o Holocausto e é explicitamente preconceituoso. Como alguém com estes ideais poderia discursar de tal forma? Pois é, parece que Ahmadinejad está desesperado pela aliança com o Brasil, país que, hoje em dia, exerce influência em relação ao restante do mundo. E, ao que tudo indica, ele conseguiu o que queria.

Qualquer tipo de vínculo com Mahmoud Ahmadinejad será desastroso para o Brasil futuramente. Parece que os únicos que ainda não se deram conta disso são os próprios governantes.

Nenhum comentário:

Loading...